Maiores informações (45) 3025-2121 | Português | Español

 

Formação Continuada de Professores/as

 

Ensino de zoologia na educação básica: abordagens evolutivas, socioambientais e de saúde

 

Prezado(a) professor(a) da Educação Básica,

Pela primeira vez, em um Congresso Brasileiro de Zoologia, teremos simultaneamente um curso voltado exclusivamente para professores da educação básica.

O curso será oferecido em parceria da Sociedade Brasileira de Zoologia do Departamento de Zoologia do Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo – IBUSP.

Será uma oportunidade de atualização e de trocas de experiências entre professores(as) da educação básica, pesquisadores(as) nacionais e internacionais, alunos de graduação e pós graduação e professores(as) de ensino superior, bem como de reflexão e proposição a partir das mudanças curriculares propostas pela BNCC.

A realização será no Hotel Monte Real, em Águas de Lindóia, de 02/03/2020 até 06/03/2020, das 17 às 21 horas.

O curso é parte da articulação do Congresso com a sociedade, Que também inclui o festival Zoo na Rua e o  Simpósio sobre Zoologia em contextos formais e não formais de ensino.

O curso é gratuíto e professores(as) de Escola pública participantes terão também isençao na inscrição do Congresso.

 

Link para inscrição:

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSe91I1RB3KDo-FfGLAPUTw4uZKAK7dy1qoAzUf0s2bbngT3iA/viewform?vc=0&c=0&w=1

 

Ministrantes

Prof.ª Rosana Louro Ferreira Silva – rosanas@usp.br - http://lattes.cnpq.br/2635824351245453

Prof. Gabriel de Moura Silva – gmoura.bio@gmail.com - http://lattes.cnpq.br/7695269595579358

 

Carga Horária Presencial: 20 horas; Educação a Distância: 10 horas: Total: 30 horas

 

Justificativa

O curso será desenvolvido simultaneamente à realização do XXXIII Congresso Brasileiro de Zoologia (http://www.cbzoo.com.br/br//). O Congresso reunirá pesquisadores nacionais e internacionais, alunos de graduação e pós graduação e professores da educação básica e superior. Pela primeira vez o Congresso Brasileiro de Zoologia, evento que já está em sua 33ª edição, terá programação intensa de articulação com a sociedade, particularmente com alunos e professores da educação básica, por meio de três principais pilares: Exposição Zoo na Rua, Simpósio sobre Zoologia em contextos formais e não formais de ensino e este curso de Formação Continuada de Professores da educação básica.

O curso promoverá diálogos com demandas atuais da Educação Básica no que se refere ao ensino sobre os animais, sendo um verdadeiro espaço de compartilhamento de experiências e conhecimentos. Esta proposta, portanto, baseia-se na importância de fortalecer os laços entre Sociedades científicas, Universidade e Escola, por meio do diálogo entre pesquisadores, professores e alunos na busca de construção de caminhos de enfrentamento coletivo das problemáticas ambientais atuais, particularmente às relacionadas à educação para a biodiversidade. O programa do curso também fará articulações com os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da UNESCO.

O curso também se propõe a problematizar conteúdos conceituais, procedimentais e atitudinais relacionados às dimensões do Ensino de Ciências da Natureza da Base Nacional Comum Curricular – BNCC, articulando às dimensões previstas no documento.

 

Objetivo Geral

Contribuir com a formação e atualização de professores de Biologia e Ciências da Natureza das redes públicas estadual e municipal, dialogando sobre novas formas de abordagens educacionais sobre o estudo dos animais, tendo como referências conteúdos relacionados à evolução, sustentabilidade socioambiental e saúde, e articulando conceitos e práticas pedagógicas com os objetivos do desenvolvimento sustentável e com as dimensões do ensino de Ciências da Natureza previstos na Base Nacional Comum Curricular no Currículo Paulista e em documentos curriculares norteadores do município de Águas de Lindóia.

 

Objetivos específicos

  • Articular a experiência acumulada de pesquisa em Zoologia, em Ensino de Ciências e em Educação ambiental com a sociedade;
  • Promover a aproximação zoologia/sociedade, tendo como pressupostos a interatividade, a contextualização e a criticidade;
  • Discutir a importância dos acervos e coleções para o ensino de Zoologia;
  • Debater conceitos fundamentais de Zoologia, com ênfase evolução, saúde e conservação da biodiversidade;
  • Possibilitar o compartilhamento de experiências desenvolvidas pelas(os) formadores/as e professoras(es);
  •  Estabelecer-se como um espaço de diálogo sobre a comunicação publica da ciência em relação a Conservação da Biodiversidade;
  • Apresentar jogos, modelos, filmes, livros e outros objetivos educacionais relacionados aos temas do curso e analisar coletivamente suas possibilidades de uso na educação básica.
  • Capacitar para elaboração de projetos de ensino de zoologia e/ou projetos integradores da escola e orientar o desenvolvimento dos mesmos.

 

Conteúdos e Cronograma

 

Cronograma

 

02/03/2019

03/03/2019

04/03/2019

05/03/2019

06/03/2019

Tema

Papel da Zoologia na Sociedade

Zoologia e saúde

Processos Evolutivos

Alfabetização Científica em Zoologia

Temáticas socioambientais e conservação da biodiversidade

 

A delimitação de cada um desses temas está expressa abaixo:

 

Alfabetização Científica • Natureza do conhecimento científico; • Contextualização social, tecnológica e ambiental das ciências; • Análise dos conteúdos dos currículos da educação básica voltados ao estudo dos animais. • Linguagem científica; • Elaboração de uma sequência didática em ensino de ciências;

Papel da Zoologia na Sociedade • A história da zoologia no Brasil. • Importância dos trabalhos científicos em zoologia para a sociedade; • Outras áreas de atuação (museus, zoológicos, unidades de conservação); • Entrevistas com Zoólogos. • Coleções Zoológicas (objetivos, importância e exemplos);

Processos Evolutivos • Ancestralidade comum; • O que gera a diversidade e a especiação; • Jogo e ensino de Evolução; • Conceitos de evolução. • Construção de Árvores filogenéticas.

Zoologia e saúde • Prevenção de doenças causadas por animais; • Espécies invasoras (ex. capivara); • Superação da ideia de animais úteis e nocivos; • jogos didáticos.

Temáticas socioambientais e conservação da biodiversidade– abordagens de educação ambiental; aprendizagem social; objetivos do desenvolvimento sustentável e suas relações com o estudo dos animais; conservação da biodiversidade; conflitos humano-fauna

 

Tais temas serão problematizados considerando:

  • Narrativas e desafios do ensino enfrentados pelo professor
  • Conteúdos sobre animais no currículo da educação básica (Base Nacional Comum Curricular) e em documentos curriculares do estado de São Paulo e município de Águas de Lindóia;
  • Produções didáticas relacionadas ao tema.
  • Relação com o Simpósio, com o Zoo na Rua e com outras atividades do Congresso

 

Metodologias (Estratégias) de desenvolvimento do Curso

Aulas expositivo-dialogadas, análise e utilização de objetos didáticos para o ensino de zoologia; estudos de caso, jogos de papéis (Role play), saídas de campo, análise de coleções zoológicas (ex. caixas entomológicas), análise de objetos de mídia, visita à exposição Zoo na rua e às atividades do congresso, entrevista com Zoólogos, análise de tecnologias de informação e comunicação ligadas ao tema (aplicativos, sites, objetos educacionais, etc.). Elaboração e aplicação de sequências didáticas/projetos nas escolas (nas 10 horas a distância), entre outras.

Terá enfoque participativo, com a construção coletiva do conhecimento. A/o professor(a) participará de reflexões com pesquisadores de ensino de zoologia e de educação ambiental, conhecendo materiais já produzidos e disponíveis em acervos sobre o tema. As aulas serão ministradas em salas equipadas com projetores multimídia e serão utilizados filmes, jogos e objetos expositivos como animais taxidermizados e esqueletos.

 

Formas de acompanhamento e de avaliação dos participantes e do curso

Os critérios de acompanhamento e avaliação do curso serão:

1. Acompanhamento sistemático das atividades propostas e de suas transposições didáticas, respeitando o grau de conexões estabelecidas no cotidiano da escola, criticidade em relação aos conteúdos apresentados e sua pertinência para a educação básica.

2. Planejamento e aplicação de sequências didáticas, priorizando a apropriação dos temas abordados no Curso, adequação da linguagem científica ao pensamento educacional, clareza e coerência discursiva nesses objetos.

 

Critérios de certificação

Para obter a aprovação no curso, o cursista deverá: a) Realizar durante o curso, no mínimo, 75% (setenta e cinco por cento) do total das atividades propostas, conforme item III, tópico 1.5.2, do Artigo 1º, da Portaria EFAP -21, de 21/12/17; b) Entregar um planejamento de projeto de intervenção sobre temáticas apresentadas no curso.